WM5.Reunião de Trabalho n°5

Para além das atividades realizadas durante o Simpósio Internacional de Estudos da Produção: Arquitetura, projeto e canteiro ocorrido nos dias 4 e 5 de abril em São Paulo, várias outras atividades direcionadas aos Pesquisadores Afiliados foram promovidas surante a semana pela Equipe Principal do TFTK compondo a quinta Reunião de Trabalho. Esse encontro em São Paulo teve como objetivo reunir a equipe do TFTK para organizar as discussões comuns dentro dos Estudos da Produção, inclusive com a presença do próprio Sérgio Ferro, discutir a organização das publicações oficiais do TFTK, tornar pública a construção desse campo de pesquisa, além de conhecer presencialmente algumas obras e experiências emancipatórias referenciadas nos estudos da produção e frequentemente citadas por Sérgio Ferro. Para além do Simpósio, a programação contou com atividades fechadas ao grupo do TFTK. No primeiro dia da semana, as atividades ocorreram na FAU USP, como, a abertura e exposição do evento, reunião de planejamento, Workshop preparatório do Simpósio, além das visitas ao prédio da FAU, ao acervo do Rodrigo Lefevre e ao Canteiro Escola. Outras atividades fizeram parte do encontro após a realização do Simpósio, como o reunião para a organização do próximo evento em 2024 e visitas.

Programação WM5

Sessão de Abertura

FAUUSP, Campus Butantã, São Paulo-SP

A sessão de abertura do Work Meeting N°5 aconteceu na FAU USP, com a participação de Sérgio Ferro, pesquisadores afiliados e coordenadores do TFTK, além da presença da diretoria da escola, João Sette Whitaker Ferreira (diretor da FAU USP) e Guilherme Wisnik (vice-diretor da FAU USP).

Visitando a FAU

Edifício da FAU

Os integrantes do grupo do TFTK puderam percorrer o edifício da FAU USP na presença de Sérgio Ferro, professor da escola antes do seu exílio na França. Ao percorrer o edifício, Sérgio reiterou seu respeito e admiração pelo arquiteto Vilanova Artigas, autor do projeto do edifício, construído entre 1961 e 1969. João Batista Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi projetaram a faculdade imaginando as mudanças pedagógicas da reforma universitária no início da década de 1960.

Acervo Rodrigo Lefèvre

O acervo da Biblioteca da FAU USP possui uma extensa coleção de plantas originais, incluindo a coleção “Rodrigo Lefèvre” com desenhos, plantas e fotos de projetos de Rodrigo Lefèvre e do Grupo Arquitetura Nova. Durante a visita ao edifício da faculdade, o grupo do TFTK pôde visitar uma pequena amostra desta coleção selecionada por João Fiammenghi na Seção Técnica de Materiais Iconográficos com ajuda das técnicas Juliana Lins e Gisele Ferreira de Brito). Foram expostas as plantas da Residência Boris Fausto (Sérgio Ferro, Rodrigo Lefèvre, 1961), as da Residência para o senhor Bernardo Issler ( Rodrigo Lefèvre, 1938-1984),

as da Residência Dino Zammataro (Rodrigo Lefèvre, Paulo Madeira, Ronaldo Duschenes,1970), as da Escola Normal e Ginásio Estadual de Brotas (Sérgio Ferro, Rodrigo  Lefèvre, Flávio Império, 1965-66) e as da Residência para o Sr. Simão Fausto na Praia da Enseada, 1961). Também foram expostas algumas fotos e publicações originais, como a Ou…, nº4, jun.1971 (editada pelo GFAU), particularmente o projeto da residência Juarez Brandão Lopes comentado por Lopes e Lefèvre; a Acrópole,nº319, jul.1965, onde foi publicado o dossiê sobre a obra do Grupo Arquitetura Nova. Outras produções textuais foram expostas, como o famoso texto de Artigas, “uma falsa crise”; a 1ª edição como livro de “O canteiro e o desenho”, 1979; a publicação pelo GFAU (1972) de “A casa popular” (conhecido hoje como “a produção da casa no Brasil”); 

Na ocasião Sérgio Ferro pode comentar sobre a execução dos projetos, os pormenores dos desenhos e discutir com o grupo algumas questões técnicas na produção das casas, principalmente durante a sua comparação com os projetos ali expostos e as diferentes experimentações técnicas e materiais vivenciadas pelo grupo.

Canteiro Experimental

Logo em seguida, o grupo conheceu o Canteiro Experimental “Antonio Domingos Battaglia”, fundado em 1997, local de aulas experimentais e que propicia o contato dos alunos do curso de arquitetura e urbanismo com a prática e o ambiente do canteiro de obras.

Workshops

Apresentações pré-simpósio

Os pesquisadores associados participaram de um Workshop de preparação das mesas do Simpósio. Os grupos foram separados a partir dos temas pré-selecionados nas seções da Collected Edition. As discussões ocorreram no ambiente dos Ateliês da FAU USP.

Conferência 2024

A Conferência em 2024 também foi tema de discussão do grupo. Algumas definições foram apresentadas pela Profa. Katie Lloyd Thomas, como datas, locais e possíveis formatos de apresentações e exposições. Durante a semana o grupo pôde propor alguns temas possíveis para as discussões durante a Conferência em 2024.

Visitas

São Paulo-SP

As visitas fizeram parte da programação da Reunião, algumas mais direcionadas ao tema dos Estudos da Produção, como as visitas ao escritório da USINA CTAH e a obra do conjunto residencial Paulo Freire, e outras mais “livres” com o intuito de reconhecer algumas obras de arquitetura referenciais da cidade de São Paulo.

Acervo Usina CTAH

Na visita ao escritório da USINA CTAH alguns projetos do acervo foram expostos para a equipe do TFTK ao mesmo tempo que era possível vivenciar o ambiente de trabalho da assessoria técnica. Em meio às pequenas reuniões técnicas, projetos em andamento, planejamentos e todo o funcionamento do escritório, a equipe do TFTK conhecia alguns projetos realizados, métodos utilizados, diferentes formas de apresentação e representação. Alguns integrantes da assessoria puderam apresentar projetos que tiveram participação apontando todas as dificuldades e contradições encontradas durante os processos de definição de projeto, aprovação e execução das obras.

Durante a visita Sérgio Ferro recebeu das mãos de Flavio Higuchi, integrante da USINA e do TFTK, uma carta elaborada em 2018 durante Encontro Latino-Americano de Arquitetura Comunitária, onde representantes da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, México, Uruguai, Venezuela, Paraguai e Colômbia posicionaram-se a favor da reintegração de Sérgio Ferro ao seu corpo docente da FAU USP como medida de reparação histórica.

Mutirão Paulo Freire

Outra visita importante foi ao conjunto residencial realizado pela USINA CTAH para 100 famílias da Zona Leste de São Paulo através de mutirão. A obra foi fruto de muitas lutas da Associação de Construção Comunitária Paulo Freire, fundada em 1988 por meio do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, vinculado à União dos Movimentos de Moradia (UMM). O programa do conjunto foi construído com os moradores, incluindo áreas livres, o centro comunitário e diferentes tipologias residenciais.

Casa de Vidro

O grupo também conheceu a Casa de Vidro, residência do casal Lina Bo Bardi e Pietro Maria Bardi, no Bairro do Morumbi, em São Paulo, construída em 1951. Hoje além de poder conhecer o jardim e o interior da casa, com exposições temporárias, o local abriga a sede do Instituto Bardi/Casa de Vidro.

Confraternização

Centro Maria Antônia, São Paulo-SP

Um dos momentos marcantes do encontro foi a integração do grupo numa pizzada na praça do Centro Maria Antônia.